AUMENTE SUAS VENDAS

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

UMA EXCELENTE EMPRESA PARA TRABALHAR

Com presença há mais de 15 anos no Brasil, a Mary Kay, empresa de venda direta de cosméticos, conquistou recentemente o prêmio de uma das “Melhores Médias e Pequenas Multinacionais para se Trabalhar”, por meio do Great Place to Work, instituto que avalia o índice de confiança dos colaboradores com o ambiente de trabalho e as melhores práticas de gestão de pessoas.

Hoje, a empresa possui 230 funcionários instalados no escritório administrativo, e mais de 200 mil consultoras de vendas espalhadas por todo o país. No mundo, são mais de 3 milhões de representantes!
Para contar um pouco sobre as ações realizadas, conversamos com o gerente de RH da Mary Kay, Marcelo Lázaro, que também nos mostra como os valores e cultura da organização impactam no dia a dia de seus profissionais.


O que fez a Mary Kay estar entre as melhores do GPTW em 2013?
Nos últimos tempos tivemos um forte crescimento da empresa como um todo, inclusive do RH. Atualmente temos um processo de gestão de pessoas muito sólido, e sistemas de avaliação de desempenho com envolvimento de todos os líderes. Oferecemos também um plano de sucessão e meritocracia bem interessantes, além da implementação clara dos valores e da cultura da empresa.
Pregamos bastante o respeito pelo indivíduo, fazendo com que as pessoas de sintam importantes. Isso gera um ambiente de trabalho muito prazeroso para todos!


Hoje a qualidade de vida está muito ligada a ser uma boa empresa para trabalhar. Que ações a Mary Kay promove neste sentido?
Temos um programa que leva o nome Qualidade de Vida, e também ações pontuais, como frutas oferecidas duas vezes por semana aos funcionários, ginástica laboral diária, equipe de corrida e um grupo de futebol – com aluguel de quadra e oferecimento de material esportivo.
Oferecemos também um programa de saúde e segurança do trabalho, com exames periódicos e massagem disponível diariamente. Também nos preocupamos bastante em oferecer um ambiente seguro na empresa.


A Mary Kay é uma empresa que fala diretamente com as mulheres. De que maneira isto impacta no estilo de gestão de pessoas da organização?
As mulheres aqui são a maioria, e nossa missão como força de vendas é melhorar a vida das mulheres. Com certeza isso acaba influenciando em nosso ambiente interno.
A Mary Kay foi criada por uma mulher, a Mary Kay Ash, que foi uma sonhadora para a época (década de 1960). Nossos pilares são fé, família e empresa, e que também são importantíssimos para as mulheres em especial.


A Mary Kay é uma empresa familiar. Este DNA influencia na preocupação com o bem-estar e qualidade de trabalho dos profissionais?
A presença da família da fundadora se dá pela atuação do neto dela, que é um alto executivo da empresa, e que atua mais como um acionista do que como protagonista da operação como um todo.
Como um dos valores da empresa é valorizar a família, isso influencia muito no modo de pensar e agir da nossa gestão. Desde os processos seletivos deixamos claro que respeitamos bastante as particularidades dos indivíduos e suas relações com as respectivas famílias, e isso impacta positivamente também.


Como funciona o plano de carreira das consultoras?
Oferecemos uma carreira independente para nossas consultoras. No momento que elas iniciam as vendas, existem algumas regras que as direcionam para ascensão na carreira independente. Elas podem virar diretoras de vendas independentes ou até mesmo diretoras nacionais de vendas independentes no modelo das vendas diretas.


Desde 1984 vocês vêm sendo lembrados como uma boa empresa para trabalhar, isso nos Estados Unidos (matriz). Como adaptar a filosofia da Mary Kay para diferentes realidades, como o Brasil?
O crescimento da atuação da empresa no Brasil vem sendo muito grande, mas que também nos traz muitos desafios. Manter a cultura e os valores da matriz depende de alguns fatores. Um deles é a liderança, que deve ser bem capacitada, a fim de garantir que todas as ações sejam calcadas na filosofia da Mary Kay. Uma gestão engajada é fundamental.
Outro ponto é contratar profissionais que se identifiquem com a filosofia da empresa, pois isso facilita qualquer adaptação. Temos o Comitê de Cultura, que promove ações para disseminar cada vez mais os valores da empresa e fazer com que cada funcionário se sinta importante.


Em 2011 a Mary Kay lançou o Mês Global do Voluntariado. Como isso funciona?
A Mary Kay tem um instituto mundial, fundado pela Mary Kay Ash, e este é um projeto que foi expandido para todos os países. Determinou-se um mês do ano para executarmos algumas atividades ligadas ao voluntariado. No Brasil, nós já reformamos uma escola, doamos o valor da compra de um tipo de batom para instituições carentes (com papel importante também das consultoras), e doamos roupas constantemente.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

PARA NÃO ERRAR...

OS 10 PIORES ERROS DE MAQUIAGEM

AndréaAndrade-Erros-maquiagem
Nós mulheres sabemos a importância quase que espiritual que a maquiagem exerce em nossas almas.
Faz-nos sentirmos mais bonitas, joviais e com a auto-estima lá em cima.
No entanto, a maquiagem quando mal utilizada, ao invés de ser uma aliada, torna-se uma inimiga, e das mais severas.
Listo aqui, o que considero os principais erros que uma mulher pode cometer ao se maquiar:
1) Base muito clara
 Já temos uma certa tendência a parecermos mais “reluzentes” nas fotos com maquiagem, principalmente se tirada à noite, sob a maravilhosa luz do flash. Portanto, fique muito atenta à cor da sua base pois o tom errado, pode ser fatal,  o look cara branca ao estilo clown make up, deixe para o dia das crianças.
2) Base muito escura
 Pior do que a base mais clara, é a base mais escura. Essa não tem perdão. Fica parecendo cabeça de um com o corpo de outro. Imperdoável.
3) Excesso de pó
Seja compacto ou solto, o excesso de pó pode estragar sua maquiagem. Além de marcar demais as linhas, fica extremamente deselegante parecer que você mergulhou o rosto no saco de farinha. Não dá!
4) Lápis preto na sobrancelha
 Para as menos antenadas uma notícia: já inventaram lápis próprio para sobrancelhas. Tem o toque mais seco e foi próprio para  a região, colore pele e pêlos sem ficar artificial. Também pode ser utilizado uma sombra marrom, sem brilho. Para ficar elegante e natural, passe em toda a sobrancelha e não apenas nas falhas como algumas senhorinhas o fazem e todo mundo percebe o lápis. Outra coisa importante, mesmo que você tenha sobrancelhas escuras nunca opte por um lápis preto. Carrega demais o olhar.
5) Blush Patati-Patatá
 Esse nem preciso falar, aquelas bolinhas excessivamente rosadas ou avermelhadas na sua bochecha só ficam bem em festa junina, do contrário você pode, nesse momento, estar virando motivo de piada em alguma foto sua postada nas redes sociais. Bata o pincel para retirar o excesso de blush do pincel e lembre que existem diferentes formas de aplicar o produto, dependendo do formato do seu rosto.
6) Cores fortes no trabalho
 Ambiente de trabalho exige roupa, maquiagem, postura e comportamento de trabalho. Se você está paquerando algum colega de trabalho não é o excesso de maquiagem que vai fazê-lo se interessar por você, são suas atitudes. Maquiagem em excesso pode até afastar.
7) Sombra cintilante durante o dia
Se você não trabalha com moda, publicidade, não é cluber, nem Gabby Amarantos, reserve sua sombra cintilante, 3D ou neon somente para noite.
8) Traço do lápis muito grosso
 Esse eu particularmente abomino, a não ser uma produção especial, editorial, olho dark temático. Caso contrário, acho extremamente cafona quem usa o traço do lápis muito grosso abaixo dos olhos, principalmente de dia. Além de carregar o olhar, corre mais risco de o produto borrar ou escorrer no decorrer do dia. Prefira o efeito esfumado, que também pode ser feito com sombra.
9) Lápis de boca mais escuro que o batom
 Se o auge da sua juventude foi aos anos 90 como a minha, deve ter usado aquela moda ridícula e cafona de passar nos lábios o lápis preto por fora e batom mais claro (laranja, vermelho) por dentro.
Hoje, no século 21, só faça uso desta moda para ir a uma festa brega.
10) Usar só uma cor de sombra
 Quando me refiro a uma única cor de sombra falo da sombra sem degradê, sem efeito. Nada de pegar o azulão que você adora e não criar degradê, seja da própria cor ou criando nuances com cores mais claras no canto interno do olho, ou o contrário (cores escuras como marrom e preto, no canto externo).
Se tem algum item que considera como erro grave conte para gente!
Se você se viu em alguma dessas situações, por favor, não conte a ninguém.
(FONTE: Andréa Andrade - Beleza e Bem-Estar)

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

NOVIDADES E LANÇAMENTOS MARY KAY...

ESTAMOS EM FESTA NESTE MÊS...
É O MÊS DE ANIVERSÁRIO DA MARY KAY...
SÃO 50 ANOS!!!
E QUEM GANHA SÃO NOSSAS CLIENTES!!!
QUANTOS LANÇAMENTOS M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O.S...
SEGUE ABAIXO CADA UM DELES:
- MARY KAY AT PLAY
- NOVA COLEÇÃO DE PINCEIS
- SPRAY FIXADOR DE MAQUIAGEM
- PÓ TRANSLÚCIDO
Imagem inline 1

Imagem inline 2



Imagem inline 3

Imagem inline 4

Imagem inline 5

JÁ TENHO TODOS À PRONTA ENTREGA.

Um abraço, sua Consultora
Míriam Teresa
 
 
Diretora de Vendas Independente MARY KAY - Brasília/DF - 
Unidade FÊNIX ROSA 
(61) 4141.8586 - Home Office
(61) 8148.5448 - Tim
VISITE O SITE: www.marykay.com.br



"Muitos são os planos no coração do homem,
mas o que prevalece são os propósitos do Senhor." (Provérbios 19:21)